Começou a #MissionBrazil em Petrópolis

427

Começou no dia 07 de julho a #MissionBrazil. Promovida pelo MVC, pela SOMAR (Solidariedade em marcha) e pelos grupos FOCUS e Kenelm Youth Trust; consiste em trazer um grupo de missionários americanos e ingleses para a cidade de Petrópolis para, até o dia 08 de agosto, desenvolverem na comunidade do Meio da Serra, atendida há 8 anos pela SOMAR, um trabalho solidário que gira em torno de 4 valores fundamentais: a solidariedade, a reconciliação (do ser consigo mesmo, com a sociedade e com Deus), a promoção da dignidade humana e o voluntariado como serviço efetivo.

Os missionários americanos foram os primeiros a chegar (os ingleses chegarão no dia 27 de julho), e a missão já se desenrola há mais de uma semana, levando para a comunidade do Meio da Serra várias atividades, tais como a visitação às famílias da comunidade, a promoção de oficinas e brincadeiras com as crianças e a realização de obras no lugar. Essas atividades são sempre divididas em dois turnos, um pela manhã e outro pela tarde. Além do já citado, também entra na lista uma ida a uma cachoeira e uma visita a Chácara Nossa Senhora Aparecida que tem em vista recuperar moradores de rua com problemas relacionados ao álcool e ao uso de drogas.

Fora da comunidade do Meio da Serra são promovidas outras atividades, como o breve retiro espiritual ocorrido na tarde da sexta feira, dia 14 de julho, no Centro Pastoral do MVC Petrópolis e a visita ao Cristo Redentor. Tudo tem se caracterizado com uma alegria que envolve a ação e que se junta no fervor da oração. Missa diária, vários momentos de adoração ao Santíssimo e a oração do Terço.

 

Até agora, 61 jovens (fora os missionários) já se envolveram nesse projeto solidário, e, dentre eles, Catarina Amaral, que  nos conta seu testemunho:

Há alguns meses atrás recebi o convite para participar dessa missão em que, inicialmente, o meu trabalho seria fazer a tradução entre brasileiros e os falantes de língua inglesa. Os dias foram passando e a missão estava se aproximando, com isso o nervosismo só aumentava. Não sabia como seria estar com pessoas que eu não conhecia, fazendo um trabalho que eu não tinha experiência e em um lugar desconhecido, mas mesmo assim não pensei em desistir.

Até que o dia 07 de julho chegou, e mesmo com todo o nervosismo o meu pensamento foi “já estou aqui, agora é só me entregar” e foi exatamente isso que fiz. Em uma semana, tudo já foi extremamente transformador, o que inicialmente parecia ser algo simples, se tornou encantador. Estava sendo usada como um instrumento para que várias pessoas pudessem trocar experiências e sentimentos, e com isso acabei ganhando muita experiência também. Percebi que minha missão era muito maior do que simplesmente fazer essas traduções, mas eu também estava na obrigação de mostrar para várias pessoas um pouco da minha experiência de amor. Amor pela missão, amor pelas pessoas e, principalmente, amor por Deus. Durante esse tempo que estive participando da Mission Brazil, tenho percebido que é isso que me move, é querer mostrar e experimentar o amor.

 

Confira aqui as fotos dessa missão!

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here