3 filmes que te ajudarão a viver o perdão

303

Todos já experimentamos a necessidade de perdoar e de ser perdoados. Querendo, ou sem querer, talvez mais de uma vez ferimos alguém. Provavelmente, mais de uma vez, nos feriram também. Aprender a pedir perdão, de coração, nos faz mais livres e melhores seres humanos. Não saber pedir perdão nos escraviza e isola, nos convertendo em cegos que não querem ver.

Saber perdoar nos aproxima a Deus, que é misericordioso. Não perdoar nos afasta dEle e quando não perdoamos, não fazemos um grande mal ao que nos feriu, mas fazemos dano a nós mesmos.

A seguir oferecemos três filmes que, desde distintos ângulos, nos falam sobre a necessidade do perdão e da possibilidade de vivê-lo, inclusive em situações extremas. Os três, da mesma forma, nos lembram que da mão de Deus há muitas possibilidades de oferecer e receber o perdão.

1. Invencível (Unbroken – 2014)


Este filme do ano 2014 está baseado na história real de Louis Zamperini, atleta norte-americano e soldado durante Segunda Guerra Mundial. Capturado por forças japonesas, foi levado a um campo de concentração donde foi vítima de cruéis maltratos pelo chefe do local. Sua incrível história de resistência -que é o tema central do filme- é coroada quando, anos depois de ter sido libertado, e animado pela sua fé, busca o seu antigo captor para perdoá-lo. Perdoar não é ser indiferentes frente ao mal, mas poder olhá-lo face a face e abraçá-lo, de mãos dadas com a misericórdia de Deus.

2. Os miseráveis (Les miserables – 2012)


O perdão aparece como tema recorrente neste filme desde o início, quando o Bispo dá o testemunho da misericórdia de Deus a Jean Valjean. Nas vicissitudes de sua vida, Valjean vai acumulando razões para amargurar-se com o mundo e, mesmo assim, pouco a pouco vai curando suas feridas através do perdão e do amor aos demais. O perdão é mais fácil se nos abrimos à graça de Deus, mas sem dúvida também requer de uma opção pessoal que muitas vezes não estamos dispostos a fazer, talvez porque estejamos cegos pelo orgulho.

3. A cabana (The shack – 2017)


O perdão é sem dúvida um dos temas principais deste filme. Indo além de algumas objeções que possam existir a nível teológico, «A cabana» procura abordar a necessidade do perdão e oferecê-lo como horizonte necessário para que as pessoas cresçam na relação com Deus. Perdão não somente a quem nos feriu, mas também a nós mesmos por aquelas culpas que nos sentimos responsáveis. É possível perdoar, porque diante de Deus ninguém pode atirar a primeira pedra, e Ele nos perdoou em primeiro lugar.

 

Autor: Keneth Pierce

Fonte: Catholic Link

COMPARTILHAR

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here