A Igreja fechou?

454

Uma imagem um pouco triste para vários de nós no contexto de isolamento social é encontrarmos igrejas fechadas (ou talvez nem ter a possibilidade de passar perto de igreja alguma). Vários poderiam pensar que a Igreja fechou por um tempo. Assim, lembrei de uma imagem muito sugestiva que pode dar uma luz para a situação atual.

Conheci um sacerdote de um povo pequeno. Houve lá um terremoto que danificou muito a população. Entre as perdas materiais encontrava-se a igreja local. O sacerdote me relatou que, das primeiras coisas que fez, após superar as necessidades mais emergenciais, foi reunir os paroquianos no meio da igreja em ruínas. Tendo a assembleia reunida afirmou para eles: “eis a Igreja em pé”.

O sentido da igreja/templo é a Igreja/Corpo-de-Cristo. Sem essa dimensão de mistério (o fato dos cristãos conformarem o Corpo de Cristo), ela ficaria apenas como uma edificação humana. Hoje, que somos convidados a reencontrar o fundamento das coisas, para a partir daí enfrentar as crises e as dificuldades, podemos olhar para o mistério de comunhão que a Igreja é.

Se nosso acesso à igreja/templo está limitado por um tempo, renovemos nosso olhar sobre a Igreja-doméstica onde podemos manifestar e celebrar a vida nova em Cristo. Também sobre a Igreja-comunhão que supera qualquer limitação de tempo e espaço (e que no contexto atual está encontrando meios criativos para se manifestar). Enfim, que Deus continue manifestando a santidade da Igreja através da nossa vida em Cristo.

Uma última ideia. A Igreja entende como um de seus ministérios a santificação da realidade, e o faz sobretudo através dos sacramentos. Ela também cumpre este ministério santificando as coisas (templos, altares, santuários, sacramentais), assim como os tempos. Este último se expressa no tempo litúrgico, na celebração da Liturgia das Horas (que busca santificar o transcurso das horas) e nos tempos de penitência (marcados pela oração, o jejum e a esmola).

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here