Agrupados de São Paulo participam de retiro espiritual

230

Os jovens agrupados marianos do MVC São Paulo participaram do retiro JMC no último final de semana, dias 29 e 30 de novembro e 01 de dezembro. O retiro foi na Casa de Retiro Mary Ward em Itapecerica da Serra. Os 10 jovens, seis meninas e quatro meninos, receberam palestras sobre a criação, o pecado, a reconciliação com Deus, o eu verdadeiro, entre outras. Os palestrantes e guias do retiro foram vários sodálites da Comunidade “Mãe dos Apóstolos” e Stephania Figueiredo, agrupada do MVC Rio de Janeiro.
O retiro JMC consiste em uma Jornada de Meditação Cristã que é dirigida a jovens e, a partir de diálogos, palestras, momentos de oração e participação dos sacramentos busca proporcionar experiências para que eles possam fazer uma opção pela vida cristã, como caminho que leva à verdadeira felicidade em Cristo.
Confira os depoimentos de alguns agrupados sobre este momento único:
Diana Calvo, 17 anos.
”O retiro me marcou e fez uma transformação em mim. Foram três dias para refletir sobre nós e sobre a nossa relação com Deus. Eu consegui descobrir coisas dentro de mim que nunca tinha pensado antes e aprendi muito sobre mim mesma. É uma experiência que todos os católicos deveriam ter. Dentro do retiro eu tive momentos em que chorei e me abri, e isso fez eu me sentir melhor. No começo pensei que seria difícil ficar incomunicável do mundo, mas não foi. É bom sair da correria e ter um momento com Deus. Eu, particularmente, gostei bastante e o faria de novo. Agora que sei mais, quero ajudar os outros a terem essa mesma experiência e que possam se encontrar com Deus, como eu fiz.”

Gabrielle Bertoni, 19 anos.
“O retiro foi uma experiência muito significante para mim. Eu percebi o quanto preciso mudar, para que eu possa ser uma pessoa cada vez melhor e mais próxima de Deus. E além de me fazer perceber que eu preciso disso; me mostrou como eu posso fazê-lo. Talvez, se não existissem esses tipos de experiências, as pessoas seguiriam sendo as mesmas para o resto de suas vidas, sem saber quem são, sem saber a razão pela qual precisam ser pessoas melhores e que precisam se encontrar com Jesus.”

Guiomar F. Teixeira, 19 anos.
“O retiro foi um momento muito especial, me aproximou muito da verdade de viver em Cristo, trazendo reflexões sobre minha vida e a certeza que somente n’Ele encontramos soluções e graças para vivermos um caminho pleno de felicidade e amor, pois Deus é amor e seu maior desejo para nossa vida é a felicidade.”

Pedro Gonçalves, 19 anos.
O retiro teve uma importância especial para mim: saber a minha vocação e saber o que Deus quer para a minha vida. Saber que quando eu faço o bem, Deus está comigo. E que preciso ser mais cabeça aberta para me encontra e ver que Deus está comigo a todo o momento. Com o retiro tive uma determinação para mim: saber lidar comigo e focar em coisas úteis para mim, pois se peco é porque me entrego a coisas insignificantes e não posso ser fraco, e sim forte.
Fui orientado, sei que agora tenho que me doar para Deus e ser Feliz com ele ao meu lado.

Marcus Vinícius, 19 anos.
“Depois que passei pelo retiro, percebi que é de suma importância na vida espiritual, não só de um agrupado, mas do católico. É uma experiência muito bonita, pois estar com seus amigos de agrupamento e partilhar momentos onde podemos ir fundo em conhecer melhor nossa religião, a nós mesmos e, principalmente, as feridas causadas pelos critérios do mundo que nos afastam de Deus, faz com que você possa ir além do que iria se estivesse sozinho. Digo e repito, com toda a certeza, que tenho muito a agradecer ao MVC pela oportunidade do retiro e vou rezar para que os frutos sejam grandiosos para toda a nossa família.”

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here