Grupo da Paróquia Nossa Senhora da Guia realiza peregrinação ao Egito, Israel e Roma

782

Um grupo de 31 peregrinos, em sua maioria da paróquia Nossa Senhora da Guia, realizaram durante o mês de janeiro uma intensa peregrinação espiritual ao Egito, Israel e Roma. No contexto do Ano da Fé, visitaram durante 18 dias os lugares santos e renovaram a fé.

A viagem começou no Egito, onde além de visitarem lugares culturalmente importantes, como as pirâmides de Gizé, a Esfinge, o Museu do Cairo, dentre outros, percorreram parte do itinerário da história da nossa salvação, passando pelo deserto onde o Povo de Israel caminhou durante 40 anos, visitando o Monte Sinai (onde Moisés recebeu os 10 mandamentos) e o Mar Vermelho. Toda a peregrinação inicial preparou as mentes e os corações dos peregrinos para a acolhida da Boa Nova trazida por Cristo, onde em Israel viveu a maior parte de sua vida.

canaEm Israel, após breve visita ao Mar Morto, seguiram em viagem para conhecer os primeiros lugares santos. O primeiro deles é Jericó, a cidade mais antiga do mundo, onde Jesus foi tentado pelo demônio, onde encontrou-se com Zaqueu e onde realizou alguns milagres. Neste dia também visitaram o Rio Jordão (rio que Jesus foi batizado) e aí renovaram suas promessas batismais. Também visitaram Caná, onde Jesus realizou o seu primeiro milagre pela intercessão de Maria. Em uma bonita e significativa Missa, os casais presentes renovaram as suas promessas matrimoniais. Uma delicadeza de Deus é que no domingo em que o grupo participou da Missa em Caná, o Evangelho era o das bodas de Caná (Jo 2, 1-11). Após o intenso dia seguiram para Nazaré, cidade de Jesus, Maria e José.

missa-genesare

 

O dia seguinte começou com uma Santa Missa em um barco em Genesaré, no Mar da Galileia, local onde Jesus realizou diversos milagres e chamou os seus apóstolos. Conheceram diversos lugares significativos, dentre eles: Cafarnaum (cidade em que Jesus realizou grande parte de seu apostolado, casa de Pedro, sinagoga que Cristo frequentava), Tabgha (local do milagre da multiplicação dos pães, local do sermão da Montanha (Mt 5, 1ss) e Igreja do Primado de Pedro (Jo 21, 1ss)). A dia foi concluído com uma visita ao Monte Tabor, lindo lugar em que Cristo transfigurou-se diante de Pedro, Tiago e João (Mt 17, 1-9).

basilica-anunciacaoOutro lugar muito significativo visitado no outro dia foi a Basílica da Anunciação, onde se iniciou a nossa salvação definitiva em Cristo. Neste lugar o anjo Gabriel visitou a Maria e Ela pronunciou o seu sim generoso (Lc 1, 26-38). À tarde visitaram Cesaréia de Filipe, lugar onde fica a nascente do Rio Jordão e onde Cristo confirmou Pedro como chefe da Igreja (Mt 16, 13-20).

jerusalemNo dia seguinte, após uma bela visita ao Monte Carmelo e conhecer alguns lugares históricos como a linda Cesareia Marítima, seguiram rumo à cidade santa, Jerusalém, para juntos viverem os mistérios de nossa salvação, acompanhar o Senhor em sua agonia, sofrimento e em sua vitória. A entrada em Jerusalém foi celebrada pelos peregrinos com muita alegria com um brinde de vinho de Caná.

belemAs visitas do outro dia foram intensas. Pela manhã conheceram muitos lugares da vida de Jesus, como a capela da Ascensão,  a Igreja do Pai Nosso (local onde Cristo ensinou essa valiosa oração),  a capela Dominus Flevit (onde Jesus chorou ao ver Jerusalém), a Basílica da Agonia, no Getsemani (onde Jesus agonizou e suou sangue), a tumba do rei Davi, o Cenáculo (onde relaizou-se a Ultima Ceia e Pentecostes) e a Abadia da Dormição de Maria.  À tarde os peregrinos seguiram rumo à Belém, para visitar o campo dos pastores e a Basílica da Natividade, onde fica o local onde Jesus nasceu, que é marcado por uma linda estrela de prata de doze pontas. Neste singelo lugar todos puderam contemplar e alegrar-se por um dos maiores acontecimentos da história: a Encarnação de Cristo.

via-crucisO último dia em Jerusalém foi bem especial. Os peregrinos fizeram a Via Sacra, no mesmo caminho que o Senhor percorreu, e visitaram a Basílica do Santo Sepulcro, onde estão as cinco últimas estações, dentre elas o Calvário (onde foi elevada a Cruz de Cristo), a pedra que foi colocado o Corpo de Jesus ao ser retirado da Cruz e a última estação: o Santo Sepulcro. Nessa pequena capela, fiéis de todo o mundo visitam e rezam com devoção e se alegram ao perceberem um fato central de nossa fé: “Ele não está aqui, pois ressuscitou, conforme havia dito” Mt 28, 6. À tarde ainda conheceram dois lugares significativos numa cidade chamada Ain Karen: o local onde nasceu São João Batista, o precursor de Cristo e a casa de Isabel, onde Maria foi visitá-la e ficou com sua prima servindo-a durante 3 meses. Nesta linda Igreja, chamada de Basílica da Visitação, há dezenas de traduções do Magnificat, o cântico de Maria.

Após dias intensos na Terra Santa, os peregrinos seguiram rumo ao seu destino final: Roma. Aí está a sede da Igreja Católica e nessa cidade os peregrinos acolhem ao Santo Padre para confirmarem a sua fé e receberem a bênção apostólica.

Os fiéis visitaram diversos lugares significativos, dentre eles as quatro principais basílicas de Roma (São Pedro, Santa Maria Maior, São Paulo Fora dos Muros e São João de Latrão), o museu do Vaticano, a Capela Sistina, dentre outros.

07-audiencia-papa (7)A viagem não poderia ter sido concluída de uma forma melhor. No dia de retorno ao Brasil, pela manhã, os peregrinos participaram da tradicional catequese das quartas, dada pelo Santo Padre Bento XVI aos fiéis do mundo inteiro presentes. Além da imensa alegria de ter a fé confirmada pelo sucessor de Pedro (e terem sido cumprimentados por ele no final da catequese), os fiéis escutaram uma profunda catequese sobre Deus Pai todo-poderoso, em continuação à série de catequeses sobre o Credo.

A catequese na íntegra pode ser lida no link abaixo:

http://www.vatican.va/holy_father/benedict_xvi/audiences/2013/documents/hf_ben-xvi_aud_20130130_po.html

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here