Voluntários da Mission Brazil recebem curso de Capacitação em Petrópolis

549

No último domingo, 01 de março 2020, treze jovens do grupo do Core Team da Mission Brazil 2020 em Petrópolis, RJ, completaram mais uma etapa do seu itinerário de formação. Eles participaram do curso de capacitação em “Construção de Ambientes Seguros e Prevenção do Abuso Sexual Infantil”, realizado pela equipe de Psicólogos da RECONCILIATIO. O encontro foi no Centro Pastoral do Movimento de Vida Cristã em Petrópolis.

Durante toda a tarde, os jovens receberam informações a respeito do número de abusos sexuais no mundo, esclarecimentos sobre os mitos e verdades do abuso sexual, orientações sobre a dinâmica do abuso e o perfil dos abusadores. Para José Augusto, um dos psicólogos diretores da Reconciliatio, o tema é extremamente pertinente, já que os jovens da MISSION BRAZIL prestam serviço comunitário em diversas comunidades carentes de Petrópolis, como a do Meio da Serra e Caxambu, e tem contato direto com aqueles que são mais vulneráveis: as crianças e os adolescentes. Ele ressalta a importância desta capacitação, “é importante para que eles possam compreender como proteger e intervir naqueles casos em que o abuso possa estar acontecendo”.

Uma das questões tratadas no programa de Capacitação é a da prevenção como um compromisso e responsabilidade de todos, já que se trata de um lamentável fenômeno pode estar presente em todos os ambientes que frequentamos, como a igreja, a escola, o trabalho e a família. Para a jovem estudante de medicina, Eduarda Thomaz, o curso foi muito bom: “Eu gostei bastante porque agora eu tenho como perceber uma situação de vulnerabilidade de uma criança, que antes eu já tinha presenciado, mas não sabia como lidar nem abordar”.

Na opinião da estudante Clara Gruber as informações adquiridas com a Certificação foram valiosas porque a fizeram pensar e refletir mais sobre o tema: “Nunca parei para pensar sobre o assunto e o curso me levou a uma reflexão geral importante. A gente pensa que é uma realidade muito distante da nossa, mas na verdade não é”. Ela ainda complementa sobre o ganho deste novo conhecimento e como isso irá se refletir em suas ações futuras, “acho interessante que agora eu posso abordar isso de forma prática”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here